Seja bem vindo(a)!!!





Há mais 15 anos , apresento um programa de rádio intitulado "Canta Minas", na rádio Aranãs FM, de Capelinha MG, com enfoque exclusivo para a música mineira em todas suas vertentes. Sempre fui apaixonado por música e, assim sendo, tomei a iniciativa de criar este blog com a finalidade de divagar um pouco sobre as minhas impressões durante os mais de 12 anos de programa. Além da música também sou apaixonado por História e Literatura. Aqui, publicarei crônicas, causos e outras divagações a respeito de tudo que tenho vivido nesse pedaço de chão que é o Vale do Jequitinhonha. E como não pode deixar de ser, também escrevo sobre a minha querida terra natal, Corinto, e outras vivências pelo mundo afora que me ajudaram a construir uma história de gente comum, sem heroísmos, no entanto carregada pelos "sinais de humanidade"!!! Abraços Gerais!!!

banner

banner

domingo, 17 de junho de 2012

PROGRAMA CANTA MINAS ESTREIA O QUADRO "OFÍCIO E PROSA"


Tadeu Oliveira entrevistando dona Elza Có, de Jequitinhonha (MG)
Depois de quase dois anos e meio fora do ar, no domingo passado, dia 10 de junho, voltei a ficar junto de você trazendo o melhor da música mineira Eu queria agradecer de coração a algumas pessoas que foram fundamentais para o meu retorno. Agradeço ao Tico Neves, criador desse programa, que pacientemente, me deu todo o tempo necessário para que pudesse preparar e planejar esta volta; a Carmélia Sampaio, que durante todo esse tempo sempre reclamou a volta do programa. Agradeço, também, à minha companheira Cláudia Júlio pelo incentivo e cumplicidade, ao Carlos Henrique do Sindicato  dos Trabalhadores Rurais de Capelinha e Angelândia pela força e encorajamento e ao Hélio da Pitter Calçados, pela fundamental contribuição num dos pontos mais importantes para que o programa pudesse se concretizar.

Deixo, ainda, meus agradecimentos aos meus colegas de rádio Francis Maris e Aldair Gomes pela grande força que recebi deles me orientando nas operações técnicas.

Durante toda a semana, recebi diversas manifestações de carinho e apoio de diversas pessoas pelas ruas de Capelinha. A cada uma delas, agradeço imensamente. Muitas pessoas também deixaram seu registro pela volta do programa no Facebook.

O programa desse domingo, dia 17 junho, contará com a seguinte programação musical:
No primeiro bloco, começo com Silvia Nicolato, cantora, compositora e atriz. Mineira de bh, atualmente circula entre Rio e Sao Paulo. Esteve recentemente na Inglaterra onde desenvolve parceria com músicos ingleses. Silvia Nicolato interpreta a música Na curva do rio, de sua autoria. Em seguida, Selmma Carvalho, cantora e pianista natural de Nova Lima (MG), empresta a sua doce voz para a canção Pra ser levada em conta, de Vander Lee e Tavito fecha o bloco com Rua ramalhete, dele e de e Zé Rodrix.

No segundo bloco, aproveitando que no dia 21 de junho o quarteto Cobral Coral fará show em Capelinha, abrilhantando o 4º Encontro da Mulher Cooperativista de Capelinha e região, trago Pedro Morais interpretando Luiza, de Tom Jobim e Kadu Vianna e Flávio Henrique cantam a música Céu de abril, de Flávio Henrique.

Além do show do quarteto Cobra Coral, a Agenda Cutural informa sobre o Festival de Música Cria +, que acontecerá em Capelinha e com promoção do Instituto Cria Som e notícias sobre o Festivale.

Dona Elza Có em seu ateliê acompanhada de um amigo artesão
No terceiro bloco, estrearei um quadro novo: Ofício e prosa. Nesse cada quadro, a cada 15 dias, entrevistarei mestres de ofício que dominam os saberes e fazeres da cultura popular. Nesse programa, eu trago uma entrevista que fiz com uma artesã da cidade Jequitinhonha no ano passado, chamada  Elza Pereria de Andrade, conhecida como dona Elza Có.

Conheço dona Elza já de longa data e fiz questão de entrevistá-la por se tratar de um exemplo maravilhoso de doação e de amor á cultura popular. A história de dona Elza Có é comovente. Mulher guerreira, que adotou inúmeros filhos e encontra tempo para moldar o barro e brincar com o Boi Janeiro de Jequitinhonha. Vale a pena ouvir o programa.

Em seguida, vem o quadro Brasil Afora e Adentro, com a Banda de Pau e Corda interpretando Flor D’água e Areia, além do breve histórico do grupo.

No quinto bloco, logo após o quadro Caiu na rede é peixe, Tadeu Franco canta Nós dois, de Celso Adolfo; Sá e Guarabira traz Sobradinho e Paulo Pedra Azul fecha o bloco com Recado para um amigo solitário.

No sexto e último bloco, tem a dica da semana e encerram o programa Alda Rezende interpretando Besame Mucho, de Consuelo Velazquez e Tunai traz o seu Frisson.

O programa Canta Minas vai ao ar todos os domingos, a partir do meio-dia, na Rádio Aranãs FM 105,3. Você pode ouvir o programa através da internet, no seguinte site: http://www.aranasfm.com.br/.

O programa Canta Minas é um oferecimento da Aperam Bioenergia, Bar e Café n’O Porão, Café Aranãs e Farmácia Cônego Lafaiete.