Seja bem vindo(a)!!!





Há mais 15 anos , apresento um programa de rádio intitulado "Canta Minas", na rádio Aranãs FM, de Capelinha MG, com enfoque exclusivo para a música mineira em todas suas vertentes. Sempre fui apaixonado por música e, assim sendo, tomei a iniciativa de criar este blog com a finalidade de divagar um pouco sobre as minhas impressões durante os mais de 12 anos de programa. Além da música também sou apaixonado por História e Literatura. Aqui, publicarei crônicas, causos e outras divagações a respeito de tudo que tenho vivido nesse pedaço de chão que é o Vale do Jequitinhonha. E como não pode deixar de ser, também escrevo sobre a minha querida terra natal, Corinto, e outras vivências pelo mundo afora que me ajudaram a construir uma história de gente comum, sem heroísmos, no entanto carregada pelos "sinais de humanidade"!!! Abraços Gerais!!!

banner

banner

sexta-feira, 29 de junho de 2012

30º FESTIVALE ACONTECERÁ NO FINAL DE JULHO EM ITAOBIM





O Festivale teve suas origens no “I Encontro de Compositores do Vale do Jequitinhonha” promovido pelo jornal Geraes em 1979 na cidade de Itaobim. Seu objetivo era dar vez e voz ao povo do Vale, sua cultura, seus sonhos e sua luta por melhores condições de vida. O final do evento deixou claro para os produtores que a cultura do Vale necessitava de mais espaço, o festival precisava ser maior e mais diverso, contando com várias outras coisas além da música.

Com esse objetivo, foi realizado o primeiro Festivale, no ano de 1980, na cidade de Itaobim. Lá foram reunidos a música, a literatura, o artesanato, a dança, o teatro e tudo o mais que compõe a riqueza cultural do Vale do Jequitinhonha.

O projeto cresceu e passou a envolver um público cada vez maior. Ficou decidido que cada ano uma das cidades do Vale seria escolhida para ser, simbolicamente, a capital cultural do Vale. Hoje, o Festivale é caracterizado pela diversidade de suas atividades. A proposta do Festivale é atuar política e culturalmente, visando transformar a realidade. O festival procura ter uma visão bem ampla da cultura. Esta não é vista apenas como um saber artístico, mas também como forma de expressão da própria vida, das condições de sobrevivência, da ecologia, da saúde e do trabalho cotidiano.

Atualmente, o Festivale é organizado pela FECAJE (Federação das Entidades Culturais e Artísticas do Vale do Jequitinhonha) que tem como objetivo principal fazer emergir a cultura popular como veículo de democratização e humanização no Vale do Jequitinhonha.


ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO FESTIVALE:



FESTIVAL DE MÚSICA
Apresentação musical de artistas populares inscritos para o festival competitivo, tendo como objetivo final o lançamento de novos artistas do gênero, impulsionando suas carreiras por meio de premiações (1º lugar, 2º Lugar, 3º Lugar, melhor intérprete e melhor Arranjo). O Festival de música tem duração de 03 (três) dias, sempre no final de semana (sexta, sábado e domingo).

NOITE LITERÁRIA
Apresentação e leituras literárias que acontecem durante o concurso de poesias, que tem como objetivo principal resgatar e valorizar a linguagem escrita como importante forma de manifestação cultural da região do VALE, além de lançar novos escritores regionais, incentivando suas carreiras por meio de premiações (1º lugar, 2º Lugar, 3º Lugar e melhor intérprete). Este evento acontece uma noite durante o FESTIVALE.

FEIRA DE ARTESANATO
Esta feira tem se tornado uma importante vitrine para os artistas locais, que têm a oportunidade de expor seus trabalho para um grande público e, consequentemente, promovendo a geração de renda para os produtores locais e futuros negócios.

APRESENTAÇÕES DE GRUPOS FOLCLÓRICOS
Valorização da cultura popular e dos grupos da região do Vale do Jequitinhonha.

APRESENTAÇÕES DE GRUPOS DE TEATRO
Estas apresentações proporcionam aos artistas de teatro exporem seus trabalhos para um grande público que se concentra durante todo o festival.

FEIRA DOS VIOLEIROS E SANFONEIROS
Com estas apresentações o festival busca resgatar uma tradicional e importante forma de manifestação da cultura popular da região, criando a oportunidade desses artistas mostrarem seus trabalhos e, principalmente, valorizando uma forma de expressão da arte popular.

MOSTRA DE VÍDEO E FOTOGRAFIAS
O festival busca explorar as diversas linguagens artísticas, para tanto, abre espaço para artes visuais, tornado-se um importante momento para a divulgação da cultura popular através das imagens, fortalecendo as características visuais da região.

O FESTIVALE tem uma preocupação muito grande com o trabalho de capacitação e formação dos profissionais que atuam na área cultural na região do Jequitinhonha, para tanto, inclui no festival não só apresentações artísticas, mas todo um programa de formação para aqueles que já atuam na área artística e de produção ou como incentivo para aqueles que só estão começando a vislumbrar o setor cultural como um direcionamento profissional. Nesse sentido são oferecidos:

CURSOS, OFICINAS, DEBATES E SEMINÁRIOS
Durante o festival são apresentadas diversas propostas de capacitação dos agentes, produtores e artistas da região. Para tanto, são convidados profissionais que ministram cursos, oficinas e debates em torno de temas como artesanato, música, teatro, literatura, vídeo, fotografias, cinema, folclore, cultura popular, produção e gestão cultural, política cultural, dentre vários outros assuntos pertinentes à área e à região.


Regulamento Noite Literária e Festival de Música do 30º Festivale
Interessados em participar do Festival Música e da Noite Literária podem baixar os regulamentos e enviar suas propostas.

As inscrições (Festival de Música e Noite Literária) vão até o 09/07/2012.
Outras informações podem ser obtidas através do e-mail: fecaje@yahoo.com.br ou pelos telefones: (33) 3734-2292 (Departamento de Cultura), (33) 8414-7118 / (33) 8893-2949 Mauro Chaves ou (33) 9199-5810 / (33) 8403-0594 Reinaldo.Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Inscrições para oficinas do 30º Festivale
Já se encontram disponível a lista das oficinas que serão realizadas no 30º FESTIVALE. A organização em breve estará confirmando o nome dos professores-oficineiros referentes a cada oficina disponível. Outras informações através do e-mail fecaje@yahoo.com.br ou pelo telefone (33)3734-2292, na Secretaria do Festivale em Itaobim.Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Fonte: Fecaje