Seja bem vindo(a)!!!





Há mais 15 anos , apresento um programa de rádio intitulado "Canta Minas", na rádio Aranãs FM, de Capelinha MG, com enfoque exclusivo para a música mineira em todas suas vertentes. Sempre fui apaixonado por música e, assim sendo, tomei a iniciativa de criar este blog com a finalidade de divagar um pouco sobre as minhas impressões durante os mais de 12 anos de programa. Além da música também sou apaixonado por História e Literatura. Aqui, publicarei crônicas, causos e outras divagações a respeito de tudo que tenho vivido nesse pedaço de chão que é o Vale do Jequitinhonha. E como não pode deixar de ser, também escrevo sobre a minha querida terra natal, Corinto, e outras vivências pelo mundo afora que me ajudaram a construir uma história de gente comum, sem heroísmos, no entanto carregada pelos "sinais de humanidade"!!! Abraços Gerais!!!

banner

banner

segunda-feira, 18 de julho de 2011

TERCEIRA NOITE DO GALPÃO TEM CANTO CORAL E FÁTIMA NEVES & FILHOS

Na sua terceira noite, o Galpão Cultural Dete Sampaio, espaço alternativo que a cada ano se torna uma atração à parte dentro da Festa do Capelinhense Ausente, já está pronto para receber as atrações de hoje, segunda-feira, dia 18. Depois de passar pelos palcos, o samba, a música sertaneja, a viola caipira e muita MPB agora será a vez do canto coral e da música jovem.

O CORAL VOZES DAS VEREDAS – VEREDINHA MG


O Coral Vozes das Veredas foi fundado em agosto de 2001, pela Associação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente de Veredinha - ADECAVE, conveniada com o Fundo Cristão para Crianças – FCC.

Depois de algum tempo se apresentando em diversas cidades da região, em 2004, o Coral participou do 2.º Festival de Corais de Belo Horizonte, evento que faz parte do calendário cultural oficial do estado e que homenageou o Clube da Esquina, cantando para um público estimado em mais de 10 mil, tornando-se a grande atração do evento.

Em 2005, 2007 e 2010, o coral novamente se fez presente nos 3.º, 5.º e 8º Festivais de Corais de Belo Horizonte, que passou a se chamar Festival Internacional de Corais.

Participou do Programa “Dedo de Prosa”, apresentado pelo apresentador Juarez Elisiário e transmitido pela TV Horizonte e já foi matéria do programa Terra de Minas, da Rede Globo Minas.

Em 2006, participou do show Vozes do Vale, dentro do projeto Vale: Vozes e Visões, A Arte Universal do Jequitinhonha realizado pela Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais e em 2007, o coral participou do projeto Quatro Cantos – Coral na Praça, realizado pelo BDMG Cultural, se apresentando na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. No ano seguinte o coral, juntamente com Rubinho do Vale, cantou para o governador de Minas em solenidade do Programa de Combate à Pobreza Rural – PCPR, no Palácio da Liberdade.

Dentre várias publicações na imprensa, há de se destacar a crônica escrita por Fernando Brant no caderno de Cultura do Jornal Estado de Minas, datado de 1.º de dezembro de 2004.

Em 2005, o Coral gravou o seu primeiro CD, intitulado “Um Canto Novo Num Cantinho do Vale” através de recursos subsidiados pela Secretaria de Estado da Cultura de Minas.

Por onde o Coral Vozes das Veredas passa o público se emociona diante de sua simplicidade e singeleza e tem despertado a atenção de artistas de renome como Rubinho do Vale, Fernando Brant e Tavinho Moura pelo belo trabalho desenvolvido pelo regente Tadeu Oliveira.

O repertório é composto de músicas da MPB, folclóricas e regionais com uma pitada lírica, fundamentando a personalidade sonora do coral por toda a região do Vale do Jequitinhonha.

Recentemente o Coral tornou-se uma Associação Comunitária e é formado por 32 integrantes com idade entre 07 e 20 anos. Porém, no show dessa noite o Coral se apresentará num formação reduzida com apenas 12 integrantes, cantando um repertório variado da MPB.

FÁTIMA NEVES CANTA COM OS FILHOS LUCAS E MATEUS

Lucas e Mateus com os seus pais Fátima Neves e Roberval Iglésias

Quem também marca presença no Galpão Cultural é a cantora capelinhense Fátima Neves acompanhada de seus filhos Lucas e Mateus Neves Iglésias.

Fátima Neves traz toda experiência adquirida nas suas participações na Semana da Cultura de Capelinha e nas cidades da região. Ela também cantou no Bar Onhas do Jequi, ponto de referência cultural dos jequitinhonhenses em Belo Horizonte, na década de 1980.

Fátima Neves foi casada com o músico e cantor corintiano Roberval Iglésias, com quem dividiu muitos duetos pelos palcos de barzinhos, festivais e no próprio Galpão Cultural, onde sempre contou com a participação de Toninho Iglésias, irmão mais velho de Roberval.

Lucas e Mateus são frutos desse casamento e como não poderia deixar de ser, herdaram também os talento artístico dos seus pais. Ambos já esbanjaram seus talentos no palco do Galpão Cultural junto de seus pais, familiares e amigos.

O filho mais novo, Mateus, está frequentando o Conservatório de Música em Diamantina e a cada dia tem se aprimorado mais como instrumentista. Além de violão, ele também toca baixo elétrico enquanto o seu irmão Lucas se dedica à guitarra e violão.

O repertório da família é composto por MPB e música jovem, com prioridade para o pop rock.

Serviço:
Shows com Coral Vozes das Veredas e com Fátima Neves e os filhos Lucas e Mateus
Data: 18/07/2011
Hora: 22h00
Local: Galpão Cultural Maria Odeth Sampaio, anexo ao Parque de Exposições no bairro das Acácias, em Capelinha MG.
XXV Festa do Capelinhense Ausente, com entrada franca

Fotos: Roberto Magalhães (Coral) e Tadeu Oliveira (Família Neves Iglésias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário