Seja bem vindo(a)!!!





Há mais 15 anos , apresento um programa de rádio intitulado "Canta Minas", na rádio Aranãs FM, de Capelinha MG, com enfoque exclusivo para a música mineira em todas suas vertentes. Sempre fui apaixonado por música e, assim sendo, tomei a iniciativa de criar este blog com a finalidade de divagar um pouco sobre as minhas impressões durante os mais de 12 anos de programa. Além da música também sou apaixonado por História e Literatura. Aqui, publicarei crônicas, causos e outras divagações a respeito de tudo que tenho vivido nesse pedaço de chão que é o Vale do Jequitinhonha. E como não pode deixar de ser, também escrevo sobre a minha querida terra natal, Corinto, e outras vivências pelo mundo afora que me ajudaram a construir uma história de gente comum, sem heroísmos, no entanto carregada pelos "sinais de humanidade"!!! Abraços Gerais!!!

banner

banner

sábado, 16 de julho de 2011

É HORA DE VOLTAR PRA CASA: COMEÇA HOJE O GALPÃO CULTURAL

Inaugurado em Capelinha o novo Galpão Cultural "Dete Sampaio" para receber capelinhenses ausentes e visitantes


Neném Sampaio e o prefeito Dr. Pedro Vieira


O prefeito Municipal de Capelinha, Dr. Pedro Vieira, inaugurou nessa sexta-feira, 15, às 17h30, o novo Galpão Cultural que recebeu o nome de "Galpão Cultural Maria Odeth Sampaio". Contando com a presença de diversas autoridades, e dos familiares da saudosa Dete Sampaio o público também prestigiou o evento maciçamente.


Autoridades com membros da família Sampaio


Público presente

Com novas e confortáveis instalações, o prédio foi reformado com recursos disponiblizados pelo governo do Estado e pela prefeitura de Capelinha. Localizado na Praça de Esportes e anexo ao Parque de Exposições, o galpão cultural tornou-se uma atração à parte dentro da grande Festa do Capelinhense Ausente, que este ano chega à sua vigésima quinta edição.

Ambiente externo
  
JUSTA HOMENAGEM


O novo Galpão Cultural leva o nome da professora Maria Odeth Sampaio, conhecida carinhosamente por todos como Dete Sampaio.

Figura ímpar na cultura e na educação do município, Dete Sampaio participou ativamente da Casa da Cultura de Capelinha e na organização das Semanas de Cultura hoje extintas. Fez parte do grupo que criou o Galpão Cultural, um resquício da Semana da Cultura dentro da grande festa que mais tarde se tornou o Capelinhense Ausente, "projeto construído com amigos, que começou pequeno e foi crescendo a cada cada ano", conforme lembra membros da família Sampaio.

Dete Sampaio foi uma pessoa que "enfrentava corajosamente eventuais ou inevitáveis obstáculos e dificuldades. Nem mesmo suas limitações pela sua saúde frágil ofuscaram seu temperamento arrojado que a levava a idealizar e desenvolver projetos inovadores por todos os lugares que passava", lembrou um dos seus irmãos ao se pronunciar em nome da família.

Tive a oportunidade de conviver com Dete num momento muito importante para a educação, quando ela batalhava para trazer cursos superiores para Capelinha e região.Foi através da sua luta que a Unimontes tornou-se uma realidade para muitos que puderam ter acesso a um curso superior.

Dete trazia no seu jeito de ser uma inquietude própria das pessoas que realizam. Quando veio a falecer, por causa da fragilidade de sua saúde, Dete tinha como companheiro o meu conterrâneo, o músico Toninho Iglésias.

Lembro-me que quando ela faleceu, a cidade de Capelinha encheu-se de tristeza pois todos sabiam que era uma grande perda, principalmente por ela ter sido uma defensora contundente das causas sociais.

Homenagear Dete Sampaio "é o reconhecimento de uma cidadã que viveu e trabalhou seguramente com cidadania no sentido mais amplo da palavra, em busca da cultura e da educação de sua comunidade".

O GALPÃO COMEÇA HOJE



Durante toda esta semana, funcionários da Prefeitura se concentraram nos preparativos finais para a decoração do Galpão Cultural.

Como acontece todos os anos, o galpão terá como tema o "Café, a nossa maior riqueza". A decoração foi feita através de banners que retratam a história do café no mundo, no Brasil e na região.

A programação cultural é composta por shows musicais de artistas locais e regionais, apresentações de grupos de capoeira e de teatro, poesia, feira de artesanato e um restaurante que serve deliciosas comidas típicas. Você pode conferir a programação aqui neste blog, clicando aqui.


Todos os dias postarei informações sobre os artistas que irão se apresentar, bem como as fotos dos shows do dia anterior. Estarei também postando fotos e notícias sobre o Galpão em tempo real através do facebook.

A partir de hoje eu e você temos um encontro marcado no Galpão Cultural. É hora de voltar pra casa.

Abraços Gerais!!!
Inté, uai!!!

Fotos: Tadeu Oliveira

Um comentário:

  1. Tadeu, que felicidade poder ler uma matéria com tanto conteúdo implícito. Mesmo de Brasília, sempre acompanhei minha irmã Deth. Sua inquietitude, como você bem o dise, em criar e implantar seus projetos chegava a nos preocupar, os irmãos, dada sua grave cardiopatia. Não posso deixar de expressar que é uma homenagem que muito nos orgulha... Todos nós, capelinhenses, não podemos deixar de parabenizar também a Pedro Vieira por saber reconhecer o valor dos trabalhos de nossa irmã e colocar em prática esse reconhecimento, deixando de lado as diferenças políticas ou questões eleitoreiras. Parabéns a todos que apoiaram e prestigiaram esse evento! Um grande abraço aos capelinhenses e que tenham uma GRANDE FESTA!!! Lamento não poder estar presente...

    ResponderExcluir